Últimas notícias do dia

URGENTE: Auxílio Emergencial 2021 já foi aprovado para 196 mil pessoas

0

Auxílio Emergencial 2021 já é pauta de conversas em todo o país. Milhares de pessoas receberam a ajuda do governo federal no ano passado. Contudo, essa ajuda acabou recentemente.



Muitas pessoas ficaram sem receber o auxílio emergencial, e estando sem trabalho, e sem possibilidade de conseguir um novo trabalho, devido a pandemia, ou aos problemas socioeconômicos que vieram com ela, precisam da ajuda ainda.

Auxílio Emergencial 2021: como fica a situação?

Um dos questionamentos que mais vem sendo feitos em todo o país, é como fica a situação do auxílio emergencial para 2021. Visto que muitas pessoas pararam de receber a ajuda do governo, e apesar disto, precisam de auxílio.

A situação do país não mudou muito desde a criação deste plano emergencial de ajuda às pessoas que sofrerem financeiramente devido aos efeitos catastróficos da pandemia. Portanto, milhares de trabalhadores seguem sem emprego, empresas fecharam em todo o país, e a economia ainda engatinha para uma recuperação.

A economia sofreu um grande baque devido as restrições de distanciamento, movimentações e todo o problema causado pela recente epidemia global.

E isto, afeta diretamente os negócios locais, pequenas empresas, microempreendedores e consequentemente os empregos. Milhares de pessoas perderam seus postos de trabalho, e até o presente momento, boa parte delas, não conseguiu recuperar mais.

Situação agravada com o término do auxílio

As pessoas que se enquadravam neste programa social criado especialmente para ajudar pessoas que foram prejudicadas pela atual situação, receberam em torno de 9 parcelas, sendo as 5 primeiras no valor de R$ 600,00 e as 4 demais de R$ 300,00.



No entanto, as parcelas do auxílio não iriam durar para tanto, devido ao grande número de pessoas necessitadas em receber a ajuda do governo, o valor total pagos até o momento em auxílio emergencial foi de aproximadamente, R$ 275 bilhões.

Todo esse valor, assusta, de certa forma, especialistas em economia, pelo volume de valor que não estava previsto nas contas do governo, e também, que por muitas empresas estarem paradas, o governo também deixou de arrecadar.

Por esses motivos, o Governo Federal, estipulou um valor limite e um número de parcelas que não poderia ser excedido devido a esse valor já estar comprometendo as contas do governo.

O auxílio emergencial 2020 terminou no dia 29 de dezembro de 2020. Nesta data, foi paga a última parcela, referente aos ganhos que foram aprovados naquele ano.

Teremos Auxílio Emergencial em 2021?

Esta é talvez, a pergunta mais feita neste início de ano. É  dúvida de todos, será que teremos, ou não teremos dinheiro para receber em nossas contas do Caixa Tem?

Essa é uma dúvida que ainda não tem uma resposta exata, definitiva. No entanto, existem especulações e algumas coisas em andamento que podem nos trazer um sinal positivo quanto a esses questionamentos.

Uma das coisas que trazem uma certa esperança ao povo é que já existem na câmara de Deputados projetos de Lei que pedem o retorno do auxílio emergencial para 2021.

Portanto, são vários projetos de Lei que precisam ser votados para seguir adiante e assim quem sabe retornar o auxílio emergencial em 2021. Confira alguns:

  • Projeto de Lei nº 5.509/20: Projeto de autoria do Deputado Gaúcho Pompeo de Mattos (PDT-RS), que pede as condições de prorrogação do auxílio emergencial com valor de parcela no valor de R$ 600, até 31 de março de 2021. O projeto aguarda liberação do presidente da câmara dos deputados;
  • Projeto de Lei nº 5.536/20: Este projeto de Lei é de Autoria do Deputado Mineiro André Janones, do Avante/MG. Ele pede as mesmas condições do projeto de Lei do Deputado Gaúcho citado acima;
  • Projeto de Lei nº 2.920/20: O projeto de lei por iniciativa do Deputado Capitão Alberto Neto, do Republicanos/AM. Ele pede que o auxílio seja pago no valor de R$ 600 e que dure 5 meses após a aprovação. O projeto também aguarda avaliação e discussão no Senado Federal.

Entretanto, há ainda outros projetos de Lei, iniciados por deputados e senadores que desejam saciar a vontade do povo brasileiro que ainda precisa da ajuda por um tempo até as coisas se acertarem.

Governo Federal não sinaliza nem que sim, nem que não

A estratégia até o momento do governo federal, é se manter neutro na questão da prorrogação do auxílio emergencial para o ano de 2021. Isto por que qualquer movimento em falso pode afetar e muito a popularidade e as alianças firmadas até o presente momento.

No entanto, dizem que nos bastidores, aliados do governo e pessoas próximas ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmam que ele não desejaria que o auxílio continuasse.

Contudo, segundo as fontes, Bolsonaro havia comentado que a atual situação econômica do País não permite que o auxílio continue por mais esse ano, independente da duração do auxílio.

196 mil pessoas irão receber o auxílio emergencial em 2021

Apesar de ainda não ser aprovado a extensão, ou prorrogação do auxílio emergencial para este ano, 196 mil pessoas irão receber o benefício social.

Isto por que, estas pessoas tiveram seus pedido revisados após contestações e suspenções do benefício pelo Dataprev. Além destas pessoas, outras 5 mil tiveram os pedidos reavaliados.

Estas pessoas receberão seu auxílio tudo de uma vez só, não parcelado como foi para as pessoas que já receberam.

Ao todo, só nesta etapa final de aprovação, o montante de pagamentos será de R$ 248 milhões para estas 196 mil pessoas.

E você, o que acha a respeito da prorrogação do Auxílio Emergencial? Na sua opinião, o auxílio deveria continuar em 2021?

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments