Últimas notícias do dia

Enquete: Ficar em casa ou ir trabalhar? Vote aqui

1

Ficar em casa ou ir trabalhar? Essa é a nova questão que está surgindo nas discussões locais, e de grupos de whatsapp. Logo após o pronunciamento do Sr Presidente da República, a discussão tomou força em diversas esferas da nossa sociedade.

VERIFIQUE AQUI OS NÚMEROS DE CORONAVÍRUS NO BRASIL

Ficar em casa ou ir trabalhar?

ficar em casa

Ficar em casa e assegurar a saúde de você ou de sua família? Mas como fazer isso sem ter a certeza de um rendimento mensal para manter a família? Pagar contas, comprar comida, pagar aluguel, e muitas outras obrigações da vida moderna entram em cheque! Como conseguir arcar com essas responsabilidades, se não podemos ir trabalhar?

O que você prefere?

Em contra-partida, fica a dúvida de ir trabalhar ou não? Por que sair para trabalhar quer dizer se arriscar e se expor ao vírus do coronavírus. Mesmo que você não esteja no grupo de risco, sair para a rua pode aumentar seu risco e colocar também em risco sua família.

Então, com a ameaça do vírus que é altamente contagioso, que se propaga numa velocidade que nem as autoridades mais poderosas conseguem conter. O fato é que o vírus conseguiu desestabilizar as maiores potências mundiais.

Além da crise de saúde desencadeada em todo o mundo, o coronavírus criou crises econômicas, isso por que as pessoas devem ficar em casa e evitar trabalhar. Isso aconteceu em lugares como China, Itália, França e em outros lugares.

Os mais atingidos ao ficar em casa

ficar em casa

Porém essa quarentena vem afetando tanto quem fica em casa, como quem não fica. Há grupos e setores indispensáveis para conter a proliferação do covid-19. São pessoas que trabalham na área da saúde, segurança, na área de abastecimento, mercados, peixarias, fruteiras, entre outros setores.

Essas pessoas além de estarem expostas ao vírus e a possibilidade de ser contagiada pelo covid-19, estão na linha de frente para combater essa pandemia.

Além deste grupo, as pessoas que estão em casa, e que não são amparadas pelo governo de alguma forma, são as que mais sofrem.

Profissionais liberais, autônomos, comerciantes individuais, camelôs, vendedores, e outros profissionais que trabalham nas ruas, estão sendo golpeados duplamente por essa pandemia. Não podem sair para trabalhar, e por este motivo não conseguem gerar renda para sobreviver.

Principalmente as classes mais pobres, que dependem de trabalhos informais, trabalhos de contato com o povo estão sendo afetadas pela pandemia de forma econômica. E o que fica no ar agora é a pergunta de como o governo fará para auxiliar essas pessoas.

O governo federal, já lançou umas “pré-medidas”, para esse problema. Uma delas, anunciada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, é a criação de um voucher do coronavírus.

Esse voucher seria pago para esses trabalhadores informais, por 3 meses, num valor estimado, em primeira instância, de R$ 200,00 por mês, porém recentemente o governo vem discutindo a possibilidade de aumentar o valor do voucher para R$ 500,00 por mês.

Ficar em casa ajuda?

Ficar em casa foi uma medida que os órgãos de saúde de todo o mundo encontraram como uma forma para combater a propagação do vírus. Porém apesar dos esforços, o vírus segue se alastrando por todos os países do mundo.

Alguns países possuem uma quantidade menor de pessoas infectadas, e por terem tomado as medidas indicadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), estão conseguindo vencer a batalha.

A Itália, por exemplo, demorou a reagir contra o vírus, e agora os profissionais de saúde lutam diariamente para salvar as pessoas infectadas. E pedem veementemente para que as pessoas fiquem em casa. Ficar em casa é a forma que a China encontrou para parar a propagação do vírus.

Ir Trabalhar Resolve algo?

O fato de ir trabalhar soluciona um problema que também é grave: a economia individual e do nosso país. Problemas na economia também podem matar, pessoas que lutam diariamente para conseguir um dinheiro para comprar a comida do dia-a-dia.

Há pessoas que não conseguem trabalhar em casa, que precisam do público, que precisam sair as ruas para conseguir o dinheiro do dia, para conseguir colocar feijão na mesa de sua família.

E apesar de até a exata data de hoje já termos arrecadado 631 BILHÕES de reais em impostos, o governo se esquiva na alternativa de conseguir ajudar essas pessoas mais necessitadas, na ideia de conseguir salvar a economia do país.

Há pessoas que preferem o risco de ser infectado, ao ver um filho em casa chorando com a barriga vazia, sem saber se amanhã conseguirá prover o alimento diário de sua família. E para estes dois males, precisamos de um posicionamento coerente dos nossos governantes.

Nós enquanto cidadãos, pagamos nossos impostos, ajudamos nosso país até em momentos que não podemos. Porém quando é o contrário ficamos novamente nas mãos do poder público?

O recado que temos a dar a você, é: Se você pode, fique em casa,e se você não pode ficar, e precisa ir trabalhar, CUIDE-SE, cuide de sua família, tome todas as medidas indicadas pelas autoridades de saúde.

Independente de qualquer coisa, essa crise de saúde e de economia, vai passar, como tudo. A questão é o efeito que ela vai nos causar enquanto ela estiver passando. Por isso cuide-se e cuide dos outros, ter empatia num momento destes é primordial para salvar vidas.

Se você tiver a possibilidade de ajudar alguém, ajude! Doe um pouco, faça algo por alguém, seja altruísta e colabore para enfrentarmos melhor essa pandemia de coronavírus!

 

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rosilene
Rosilene
10 meses atrás

Ir trabalhar, meu esposo não parou nem um dia, com todos os cuidados possível, está bem!