Últimas notícias do dia

Como economizar gás de cozinha

0

Gás de cozinha virou o vilão do orçamento do brasileiro. Nos últimos anos o preço do produto essencial para a sobrevivência do povo aumentou e muito no orçamento mensal das famílias.

Somente nesse ano o aumento já passou dos 15%. E isso implica e muito no orçamento familiar. Portanto, muitas famílias estão procurando alternativas para economizar no gás de cozinha.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Auxílio Cesta Básica, quem tem direito?

Custo do gás de cozinha no Brasil

Com esse aumento constante, o gás de cozinha chegou a preços nunca antes imaginados. Há regiões no Brasil onde o custo de um gás de cozinha 13 kg (o mais comum), chegou a R$ 160.
Entretanto, em outras regiões, o custo está próximo dos R$ 100. Vale ressaltar que esse custo pode variar conforme custos extras de transporte, ICMS do estado e outras taxas.

Por isso o valor pode ser maior, ou menor dependendo da região onde você mora. Contudo, apesar dessa variação, o custo está elevado.

Elevado, mas nem tanto

O custo do gás está alto sim, mas se comparado em outras épocas, a relação do custo do gás em comparação ao salário mínimo, ainda estamos abaixo de outros cenários.

Por exemplo, na época em que o governo era do ex-presidente Lula, o custo do gás em relação ao salário mínimo, comprometia 9,29% do salário do brasileiro.

Atualmente, o custo compromete 7,95% do salário. Contudo a inflação tem ajudado a parecer que o custo está maior, por que gastamos mais em alimentos e outros itens básicos.

Como economizar até 50% no gás de cozinha

Existem alternativas para economizar no gás de cozinha de uma forma que amenize o preço elevadíssimo do custo mensal que se paga para isso.

Portanto, iremos ver a seguir algumas dicas essenciais para ter uma boa economia.

1 – Evite ficar abrindo o forno

Um dos principais vilões do fogão convencional, é o forno. É nele onde é utilizado a maior parte do gás de cozinha, isto é, quando utilizado, o forno consome uma quantidade maior do que as bocas.
Portanto, evite ficar abrindo o forno quando tem algo cozinhando lá. Abrir o forno é sinônimo de “gás pelos ares”, ou seja desperdício.

2 – Planeje as refeições

Tenha horários definidos para fazer suas refeições, e prefira fazer quando todos da sua casa estão presentes.

Assim, você evita ter que ficar requentando o alimento e gastando o gás novamente.

Planejar suas refeições também evita que você faça coisas separadamente, quando poderiam ser feitas juntas. É o exemplo de esquentar algo com o vapor de outra refeição aquecendo.

3 – Faça a manutenção do seu fogão

Fazer a manutenção do seu fogão à gás, garante um bom funcionamento do seu aparelho. E isso diminui as chances de haver vazamentos, entupimentos e outros problemas que possam fazer você gastar mais gás.

Uma dica é notar a cor do seu fogo, se as chamas estiverem alaranjadas ou amareladas, é um sinal de atenção para você chamar um técnico. Pode haver algum entupimento.

E quando ocorre um entupimento, apesar de não parecer, gastarmos a mesma quantidade de gás para cozinhar como se o fogão estivesse 100%. Ou seja, a potência do fogo diminui, mas o gasto de gás não.

4 – Cozinhe feijão em 6 minutos

O feijão é outro alimento que é um “vilão” na hora de cozinhar. Isto porque, apesar de ser cozido na panela de pressão, o cozimento leva muito tempo, e com isso gasta muito gás.

Contudo, tem uma estratégia para diminuir esse tempo de cozimento. O primeiro passo é deixar o feijão de “molho” na água um dia antes de colocar na panela de pressão.

Após isso, deixe no fogo até a panela de pressão apitar, assim que acontecer isso, tire do fogo por 20 minutos, e em seguida mexa o feijão e coloque novamente por 3 minutos até a panela de pressão apitar novamente.

Assim que apitar, deixe descansar por 20 minutos e está pronto.

5 – Cozinhe com Vapor

O vapor é um ótimo aliado na hora de cozinhar. Se você está fazendo arroz, por exemplo, pode utilizar o vapor desse cozimento para preparar legumes no vapor. Dessa forma estaria utilizando uma boca para cozinhar 2 coisas ao mesmo tempo.

6 – Feche portas e janelas

Cozinhar com correntes de ar não é uma boa ideia. Isto porque, o vento faz com que o fogo oscile e assim gastando mais gás. Portanto, mantenha as portas e janelas fechadas e evite fortes correntes de ar na área da cozinha.

7 – Tampe a panela

Tampar a panela acelera o cozimento de alimentos, fazendo com que precise-se de menos tempo cozinhando, e assim, menos gás gastando.

8 – A panela certa, na boca certa

Outra coisa errada que possivelmente fazemos, é inserir uma panela, leiteira ou outro item de cozinhar pequeno, em uma boca grande. Só utilize a boca grande para panelas grandes.

Caso contrário, o fogo “foge” pela lateral da panela, e não cozinha corretamente o alimento, apenas gastando gás.

9 – Pedaços pequenos cozinham mais rápido

Cortar os alimentos em pedaços pequenos antes de cozinhar é uma boa. Dessa forma o alimento vai cozinhar mais rápido do que se estivesse no tamanho original.
E isso serve para alimentos diversos, como carne de frango, legumes e etc.

10 – Use e abuse da Panela de Pressão

Utilizar a panela de pressão é, além de uma carta na manga, para fazer alimentos saborosos.

Além disso a panela de pressão cozinha muito mais rápido e pode ser utilizado para vários alimentos, como grãos, carnes, massas e outros.

11 – Verifique se há vazamentos

Um complemento aquela dica da manutenção. Geralmente quando recebemos o novo gás fazemos aquele teste conhecido com a esponja e espuma para verificar se há algum vazamento.

Entretanto, fazemos isso apenas esta vez. O ideal era verificar se há vazamentos uma vez por semana.

12 – Procure alternativas

A cozinha é um local de criatividade, e o mesmo serve para o momento de cozinhar. Existem pessoas que tem em casa fogões alternativos, movidos à lenha como fogão à lenha, fogão campeiro, fogão de barro.

Esse tipo de fogão alternativo pode ser uma boa para ajudar nas contas do final do mês. Exceto é claro em dias muito quentes, onde é mais difícil ficar com um fogo desses ligado.

Outra alternativa pode ser eletrodomésticos que possam ser aliados na hora de cozinhar, como air fryer’s, panelas elétricas, e outros.

Só tome cuidado com sua conta de luz.

Conclusão

A utilização do gás de cozinha é essencial para nossa sobrevivência, mas é necessário estar sempre atento para não gastar mais gás do que necessário. Por isso utilize algumas dessas dicas para aliviar de alguma forma o preço altíssimo do gás de cozinha.

Se você gostou desse artigo e acha que as dicas contidas nele pode ajudar alguém, compartilhe com essas pessoas! Vamos todos nos ajudar!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments