Últimas notícias do dia

Renda Brasil: Quem tem direito?

0

A desigualdade social no Brasil ainda é muito preocupante. E é um fato que veio a crescer o conhecimento público, logo após o governo federal precisar pagar auxílio emergencial.

Renda Brasil

Com essa necessidade surgiu um lado que era desconhecido pelas autoridades. Milhares de pessoas no país que não estão em nenhum dado, como se não existissem aos olhos dos órgãos governamentais.

Essa surpresa trouxe consigo uma necessidade instantânea: localizar, cadastrar e ajudar essas pessoas que não conseguiam antes, nem receber um atendimento básico, ou participar de programas do governo, como por exemplo o Bolsa Família.

Isto, porque, essas pessoas não possuem cadastros, como certidão de nascimento, carteira de identidade ou de trabalho. Para o governo, essas pessoas não existiam. E essa brecha deu a necessidade da criação de um novo programa de auxílio para estas pessoas.

Recentemente foi anunciado pelo governo federal, que um novo programa está sendo criado, programa este que será chamado de Renda Brasil. O Renda Brasil substituirá o Bolsa Família, e visa atingir famílias que antes não conseguiam se quer o cadastro no bolsa família para conseguir ajuda do governo em seus programas sociais.

Renda Brasil: Quem terá direito ao programa de auxílio do governo federal?

A proposta deste programa, segundo o Ministro da Economia, Paulo Guedes é unificar os programas sociais atuais do governo. Na proposta a unificação de bolsa família, auxílio emergencial, abono salarial (PIS), seguro-defeso e também o programa farmácia popular.

Quanto irão receber?

A meta é atingir mais de 30 milhões de pessoas e os valores repassados para os beneficiários será entre R$ 200 e R$ 300 mensais, valor que ultrapassa os números do bolsa família, que pagava de R$ 89 a R$ 205 para famílias carentes.

E os números também ultrapassarão o número de beneficiados, que atualmente no bolsa família é de 13,5 milhões de pessoas.

Segundo o governo, estuda-se ainda inserir mais de 11 milhões de pessoas que recebem o auxílio emergencial, entre os muito pobres, trabalhadores informais, e empreendedores individuais.

Obviamente que os que já recebiam o benefício do Bolsa Família serão recadastrados nesse novo sistema.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments